Lokço Adventure

#LOKOEPOKO

AniSongs


Quando se fala em anime song ou, com a contração de ambas as palavras, anisong, usadas para se referir a músicas de animes. Para contar a história das anisongs, estamos considerando os gêneros animes e tokusatsu ( live action ) como um só. Vale resaltar que as músicas de animes, como qualquer produção musical, sofrem influências externas por sua política e mesmo cantores que trazem  consigo sua bagagem musical. No caso das anime songs exclusivamente falando, elas começaram como cantigas infantis, sendo que após um tempo acabaram tendo outras influencias, tornando-as o que são hoje.
A música das produções de animes, principalmente nas décadas de 1950 e 1960, carregam em suas letras, todo um heroísmo, demonstrando uma proclamação de sentimentos em torno dos personagens daquela série.
Passemos para os anos 70, época que deu inicio às primeiras grandes influencias musicais desse gênero, com a entrada de artistas como Mojo, Ichiro Mizuki, Akira Kushida, Mitsuko Horie, Isao Sasaki, entre tantos outros. Vale lembrar, que entre eles, o que fez história para o gênero foi o cantor Ichiro Mizuki, que cantou mais de 1000 músicas para o gênero. Não é a toa que ele é chamado de Aniki, o rei das anime songs.
Outra grande influencia musical para o gênero foi a Enka, música tradicional japonesa. A música Enka é a antiga música popular japonesa, no qual você põe todo o seu sentimento ao cantar. Declamando o que você sente, em forma de protesto, confissão, ressentimento.

A música Enka acabou perdendo mercado dos anos 80 em diante, com a força de gêneros como rock ganhando força no Japão, além do surgimento do termo jpop, remetendo a músicas desde eletrônicas, hip hop e baladas românticas.Os anos 1980 são lembrados até hoje por muitas coisas, e nao podemos esquecer que foi nessa época que ocorreu a segunda invasão das séries nipônicas no Brasil, como Jaspion, Changeman, Dolbuck, Doraemon entre outros. Lembrando que as séries, Cavaleiro do Zodíaco e Dragon Ball, mesmo tendo sido produzidos nos anos 1980, só chegariam ao Brasil nos anos 1990, sendo ícones até hoje em dia.
Casos como nas séries Changeman e Cavaleiros do Zodíaco ficam nítidas a influencia do rock nos anime songs. O sucesso desses novos gêneros que formaram jrock e jpop nos anos posteriores veio à mistura dessas influencias ao modo japonês, nascendo músicas que tem frases em inglês misturadas com o idioma japonês e com estilo totalmente próprio e pessoal.
Nos anos 90, as anime songs seguiram o mesmo padrão estabelecido até a primeira metade da primeira década, só que, com a consagração do gênero new music, que foi rebatizado de jpop, pela rádio J-Wave, sendo o termo oficial até hoje, além do sucesso do gênero jrock. Animes como Dragon Ball Z ainda eram sucesso no Japão, o que realçava a fórmula tradicional de anime song, com sucessos como We gotta Power, segunda abertura da série, feita também para Hironobu Kageyama, referente a fase Majin Buu, última fase da série.
Outra série de sucesso que é exemplo dessa época é Yu Yu Hakusho, que foi produzida entre 1992 a 1995, famosa por ter uma trilha sonora de alta qualidade, em especial por causa da cantora Matsuko Mawari.
A série Rurouni Kenshin ( Samurai X ) foi o divisor de água oficialmente sobre o gênero de anime songs. Mais precisamente, ela começou a crise no gênero ao trazer para os animes um trilha arrojada, com cantores mais famosos do Japão.
As verdadeiras anime songs, morreram? Não, estão por aí, em algumas produções, como Rica Matsumoto em Pokémon, o mercado de songs mudou, causando a atual situação onde se usa uma anisong como ponte de lançamento para diversos artistas.
Se, por um lado, o gênero tradicional como Kamen Rider, deixou de lado as anime songs, adotando músicas da Avex Trax, trazendo um jpop eletrônico para suas trilhas sonoras em 2003, temos  o tradicional gênero Super Sentai há mais de 30 anos no ar no Japão, mantendo as anime songs vivas. Podemos concluir que séries tradicionais ou para público infantil, a velha anime songs permanece viva, como o gênero Super Sentai e séries como Pokémon. Quando o público é mais velho, o mercado toma mais cuidado na trilha sonora, selecionando artistas que estão na moda, ou que irão fazer moda, inserindo esses em animes para público infantojuvenil.
Anúncios

11/04/2013 - Posted by | Uncategorized

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: