Lokço Adventure

#LOKOEPOKO

Aria: a portadora do cosmo de luz

AHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHH….
Vim falar de uma personagem que na minha opinião – e talvez eu mude de opinião – foi um pouco inútil – não tanto quanto a Sakura -.
Quando Saint Seiya Omega começou, logo de cara é notável que Aria é tratada como deusa Atena, mas então Camila, porque tanta indiferença com ela?
Simples, fizeram Aria quase intocável…e isso foi inaceitável….LEMBRANDO QUE É A MINHA OPINIÃO….Grata. Agora vamos a esse especial sobre a portadora do cosmo de luz.

 Aria é uma jovem, criada junto com Éden, devido ao seu grandioso cosmo bondoso, foi forçada a se passar pela deusa Atena. Mesmo endo privada de liberdade logo no inicio de Omega, ela se mostrou uma menina extremamente tímida, após conhecer nosso protagonista Kouga, Aria se torna mais confiante – mesmo se culpando por ajudar Marte -.
Mantida sobre a vigília inabalável de Ionia de Capricórnio e sem nenhuma esperança de se tornar livre, o cosmo de Kouga ressoa com o dela, libertando-a assim de seu cárcere.
Com um coração nobre e puro, Aria estava sempre pronta para ajudar seus amigos quantas vezes fossem necessárias, mesmo que custasse sua vida.  

Durante a batalha entre Marte e Atena, um meteoro caiu no campo de batalha matando seus supostos pais, assim que Saori viu que ambas as crianças estavam vivas usou seu cosmo para impedir que morressem.
Com os cosmo das trevas se espalhando por todo lado e avançando em direção a Kouga, Saori salva nosso pequeno protagonista, mas perde a pequena Aria para Marte, que parte levando-a consigo.
Marte logo nota o imenso cosmo de Aria e a mantém sob seus domínios, para usar esse poder em seu objetivo, trancado em uma torre, tinha como companhia – as vezes – o pequeno Éden, que mesmo utilizando de todos os seus esforço, levando-lhe presentes, flores, a pequena Aria mantinha-se infeliz.

Durante um torneio, Aria chega a Palaestra como Atena, em uma grandiosa carruagem voadora. Sentindo um cosmo imenso e bondoso, Kouga corre para encontrar Saori e da de cara com Aria, nesse instante nasce uma conexão entre os dois, Palaestra é destruída, um novo santuário é erguido, e Aria é colocada na Torre de Babel, onde não permanece por muito tempo, graças a ação conjunta dos cavaleiros de bronze. Livre de sua prisão, nossa personagem fica aos cuidados de Yuna.
Após algumas lutas, Aria é protegida pelas cavaleiros de bronze: Ryuho, Haruto, Kouga, Yuna e Souma.
Logo em seguida temos início a procura pelas Ruínas, cuja fonte de energia alimentava a Torre de Babel, uma por uma as ruínas vão caindo…cada uma caindo de acordo com o elemento do cavaleiro.

Chegamos então a ruína das trevas, onde o próprio Marte decide dar um fim na existência de Aria, atingindo-a com sua lança e logo em seguida roubando o cosmo restante dela.
Aria desaparece nas profundezas da ruína das trevas.

 E assim chegamos ao final da história de Aria, Marte ainda usa seu cosmo na batalha das doze casas, é também graças a Aria que Éden parcialmente toma um rumo na vida!
 – Ao menos Aria não ficou presa em um vaso esperando a ajuda de Kouga –

~~Camila – a blogueira que elevou seu cosmo para se lembrar do início de Omega –

Anúncios

22/10/2013 - Posted by | Uncategorized

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: