Lokço Adventure

#LOKOEPOKO

Opinião pessoal #3: Patentes, Reactions e Copyright

De acordo com o dicionário, reagir, do latim reagere significa:

V. intr. 1 opor a uma ação outra contrária; exercer reação; 
2 apresentar uma alteração física como resposta a um estímulo exterior; 
3 comportar-se de uma determinada maneira face a um dado facto ou acontecimento; 
4 resistir; opor-se; lutar; 
5 QUÍMICA servir de reagente;


No caso, seria a 2ª definição (ou até mesmo, a 3ª) do que seria reagir. Bem, se eu disser que uma companhia tentou PATENTEAR o verbo? Foi quase isso que aconteceu.


Há uma semana, a companhia Fine Bros. tentou registrar um programa chamado “React World”. Um texto do site IGN (de todos os sites), ou pelo menos um parágrafo vai te explicar como que funciona (caso queira ler o texto completo, clique aqui para entender toda a situação):

“[…]O “React World” tinha como objetivo registar e licenciar o formato “video de reação,” bem como a palavra “React,” à qual várias pessoas se opuseram devido à quantidade de vídeos existentes nesse formato. [..]. O plano passava pela disponibilização de ferramentas e assets para que outros pudessem fazer os seus próprios vídeos, nos seus canais.[…]”

Em outras palavras, se quiser fazer um vídeo que envolve reações, você teria que fazer parte de uma network de Reactions para ser pago. Um detalhe? Vídeos de reação não é um negócio novo. E aí, todo o inferno veio para o plano terrestre.

Sentem-se ae, senhoras e senhores, por que essa parada vai ser doida.

O que The Fine Brothers (agora, apelados carinhosamente de The SWINE Brothers) tentaram fazer foi patentear um VERBO, falado em diversas línguas e um “gênero” que tem um enorme aumento nesses últimos anos.

Só que isso é apenas a ponta do iceberg que é isso tudo…

The Fine Brothers

Não estamos rindo pelos vídeos.
Estamos rindo porque estamos caçando seus REACTS!

Iniciada em 2007, a companhia criada pelos irmãos Benny and Rafi Fine criou vídeos baseados em reação, instantaneamente ganhando milhões de usuários por todo o mundo. Até o início desse ano, eles possuíam 14 milhões de usuários e 3 BILHÕES de views, possuindo 3 canais, sendo um de músicas e duas séries em 2008, uma delas concluída em 2011, além de 2 séries em 2014.


Mas…

Conteúdo não tão original

Dizem as más línguas que um canal do You Tube criou um vídeo em que os idosos reagiam á certos vídeos, chamado de SENIORS REACT. Mas, porém, todavia, entretanto, NO EN TAN TO, os Fine Brothers deram um strike no cara, pegaram o mesmo conceito e criaram o chamado ELDERS REACT.


Não sendo somente isso, uma série de strikes foram dados para quem fazia do mesmo formato. Ou seja, o que pra eles era plágio, pra outros, é uma forma de…bem, paródia.


Deixa eu ser franco aqui: os irmãos Fine não criaram o agora chamado gênero REACT (pelo que eu saiba), apenas popularizaram o gênero mundo afora. Junta isso com a vontade infinita de ganhar dinheiro, na qual é a maior motivação pra culpar as merdas do pessoal hoje em dia (algumas realmente legítimas) e você tem um dueto BEEEM lascado.


Ação bosta = FUDEU!!!

Segure esta merda imaginária ae, truta!

Conforme dito antes, o React World tinha como objetivo licenciar não só os vídeos de reação, como também patentear o verbo React. Somente isso já foi causa o suficiente para ocorrer uma queda desastrosa, a ponto de criarem, vejam vocês, lives só pra ver os Not So Fine Bros. perderem 1 milhão de inscritos (e você, youtuber, se lamentando por perder 1 inscrito).

A ideia foi tão bosta que removeram o vídeo, mudaram de ideia e tiraram essa ideia da cabeça. A pior parte? Eles ainda tentaram responder, mas bem…digamos que os resultados não foram lá dos melhores. De fato, só conseguiram tornar a rage no You Tube maior do que o Aruan, o retardado que cortou a placa do You Tube, ganhou mais inscritos do que perdeu e dançou na cara de todo mundo (inclusive com esse que vos fala).

O efeito dominó chamado Fair Use

Pessoalmente, acredito que isso acabou reiniciando um papo, há muito tempo em discussão no You Tube, o famoso caso de Fair Use.

Basicamente, Fair Use é o uso de terceiros em seu vídeo, que serve para divulgar, parodiar e até fazer reviews. Em teoria, você faria uma divulgação de possíveis materiais de diversos assuntos. Na prática, isso seria o começo do fim.

O sistema DMCA do You Tube, desde que a Google comprou, se tornou alvo de críticas e piadas por ser completamente falho. Não, um sistema em que MACACOS parecem controlar esse sistema.

Em resumo, sua conta pode receber até 3 strikes que envolvem Copyright Issues (ou os famosos problemas de direitos autorais). No 3º, seu canal é absolutamente removido do You Tube, e você tem no máximo, até 1 semana para responder.

Prevejo uma treta malégna ae…espera, já passou?!


O problema é que qualquer um, e eu digo QUALQUER UM, pode dar um strike na sua conta e praticamente, foder com o seu canal. Esses Copyright Claims falsos fizeram com que vários canais sumirem do You Tube.  Pensa que são só os Trolls que fodem com todo mundo? A FOX  pagou uma de filha da puta, só por que Felipe Castanhari fez um vídeo falando dos Simpsons, o carro-chefe da empresa. Fellizmente, o Canal Nostalgia sobreviveu a isso. Queria dizer o mesmo dos outros canais que sequer possuem uma network, como o nosso canal e até de outros espalhados pelo You Tube afora.

O caso mais grave toma forma entre os gamers: Nintendo e #Fuckonami são os mais famosos. Basta um vídeo seu de um jogo da Nintendo e da Konami e o seu canal cai no limbo. No caso da Konami, enquanto ocorria a “transição” dos games para os Pachinko, um vídeo foi remvido do You Tube, só no dia seguinte, voltar graças á um strike terrivelmente aplicado (Eu não vou falar o nome do canal, mas se você leu e lembra desse caso, então você entende o que eu quero falar). 

“Divulgação? Bah, é pirataria! Strike nesse FDP!”
Nintendo e sua mentalidade retrocedente


O caso da Nintendo é ainda mais grave, já que eles dão strikes até mesmo em ROM hacks de Super Mario World (tipo Kaizo Mario). Isso fez (e ainda faz) vários youtubers desistirem de publicar vídeo de gameplay de um jogo de MAIS DE 20 ANOS ATRÁS e ainda ter 80% do conteúdo do seu canal ser estraçalhado por que é “pirata” (Melhor desculpa ever).

E o programa de criador de conteúdo ainda é visto com maus olhos: já que Iwata não está entre os vivos, quem aprova ou não os vídeos fica um mistério. Além  disso, nunca ouvi falar de um criador de conteúdo que te paga depois de 3 meses do vídeo ter saído. Isso que é desencorajar geral, até eu fiquei acovardado por causa dessas merda ae.

Ok, mas o que isso tem a ver com o assunto, The Fine Bros?

Retroceder decisões!

Depois do escândalo e antes da, esdrúxula, resposta aos seus inscritos, os irmãos “prometeram” retirar as acusações de direitos autorais dos vídeos de React dados por eles e rescindir de tentarem patentear o verbo React. Não, você não leu errado. Eu disse verbo, não gênero (React = Reagir).

E por causa de uma iniciativa de patentear algo tão simples, o iceberg é mais fundo do que pensávamos e The Fine Bros, junto da Konami, Nintendo e outras pessoas e/ou empresas estão no Hall de SGEMMIQM (Seres e Grupos Empresariais Muito Menos Inteligentes do Que um Macaco).

Palmas para eles!!!!

Anúncios

21/03/2016 Posted by | dmca, opinião pessoal, react, youtube | Deixe um comentário

Opinião pessoal #1: Que caralhos a Toei anda fazendo?

Você se lembra da Toei? O mesmo estúdio que animou Caverna do Dragão (em parceria com a Marvel), Dragon Ball Z, Cavaleiros do Zodíaco, Sailor Moon e até mesmo produziu Kamen Rider? Surpresa, a idade pega todo mundo e com a Toei (ou melhor,TRoLLei) não é diferente…se não, um pouco pior do que se pode imaginar…


Um pouco de história

A Toei Animation foi fundada no dia 23 de janeiro de 1948, 2 anos antes da Toei Company ser fundada, sob o nome de Tokyo Film Distribution (irônico, não acha). 7 anos depois, a companhia muda seu nome  para, de fato, Toei Company e só entre 1957 e 1960, começou a produzir Tokusatsus e animes (mais uma pitada de ironia).

Então, por que apenas Toei?

Para evitar maiores confusões, farei algo deveras complicado: a Toei Company anda bem de  saúde, obrigado, já que as séries que produzem são, de fato, boas…na maioria dos casos ( e por mais arriscado,estúpido e besta que isso possa parecer).
O que vou comentar será apenas (e apenas) o caso da Toei Animation. Não apontarei os culpados (ao menos vou tentar não apontar os culpados), mas a situação em si…
Também citarei algumas produções da Toei Company, se caso necessário…

A descida à merda


A partir de, mais ou menos, entre 2005 e 2006, a situação da Toei começa a ser complicado: a produção da Saga do Inferno (Saint Seiya: Hades) se mostrou deveras duvidosa. Alguns fãs mais hardcore colocam a culpa numa outra obra de Kurumada a ser animada: Ring ni Kakero. Isso porque, fora os traços serem GRITANTEMENTE diferentes, o estilo de animação era o mesmo da Saga do Inferno (pessoalmente, a culpa é dos animadores, não a porra de um outro anime que estreou em 2004). Após a exibição da série, vem a Saga Elysium (Elíseos), exibida em 2008, aparentemente melhor, encerrou a Saga de Hades e, consequentemente, Os Cavaleiros do Zodíaco. Isto é, até a Toei ditar as regras em 2012 com Saint Seiya Omega.


Em 2009, foi anunciado uma nova série da franquia Dragon Ball, chamada Dragon Ball Kai. A série seria uma adaptação fiel  ao mangá criado por Akira Toriyama. Entretanto, quando eles disseram por adaptação, a decepção começa pelo fato de ser um remake de Dragon Ball Z, cortando todos os fillers e adaptando em HDTV. Mas isso está longe do que aconteceria depois: o Compositor de Dragon Ball Kai (e dos jogos de PS2/PS3/PSP), foi acusado de plágio, encontrado em alguns trechos da OST de Dragon Ball Kai. Eventualmente, ele foi removido do Cast de produção, sendo substituída pela Ost original de DBZ. Apesar disso, a mudança foi mais sentida na versão americana no que na japonesa, pra não contar a polêmica censura imposta na série (e na qual acabamos assistindo). Adicione o terremoto de 2011, e temos 1 mísero episódio cancelado.

Saint Seiya Omega, Wizard,Kyoryuger e Precure

Você achou os dois últimos casos ruins? Oh hohoho, perto desse QUATRO, Saint Seiya e Dragon Ball parecem ser fichinha…até a Toei Company não sai ilesa dessa!!


Começando com Saint Seiya Omega, que foi o retorno da Toei a produzir uma série (Lost Canvas foi produzida pela TMS, subsidiária da Sega para animações). O risco, literalmente, começa pelo traço: o design dos personagens foi feito por Yoshihiko Umakoshi, famoso por criar o character design de Brave Police J-Decker, Casshern Sins (onde Toru Furuya dublou o protagonista), Cyborg 009 e…Heartcatch Precure…(Curiosidade: ele animou o último episódio da Saga de Hades: Santuário)

A autoria da série ficou por conta de Reiko Yoshida, roteirista de Casshern Sins, Medabots e… surpresa, surpresa, Dragon Ball Z. e Digimon (01 e 02 e filmes).

Masami Kurumada não participou pessoalmente do projeto, muito embora fora creditado como criador da franquia e fez até publicou nota no site da série…e Shoryu do Next Dimension (por que Ryuho, caralhos!!).

A partir daqui, começa o show de erros:

  • Eram previstos 52 episódios, contando apenas a batalha entre a nova geração de Cavaleiros e Marte, entretanto, devido ao sucesso da série, foram produzidos mais 25 episódios, a famosa (e entediante) saga de Pallas;
  • Inicialmente, a série só seguiria o mangá/anime, ficando com os filmes da série de fora…quase. Em um dos Booklets, Omega inclui Prólogo do Céu como parte dos acontecimentos pré-Omega;
  • A mudança de direção, character design e…a animação…

E por aí vai.

Do lado da Toei Company…

Duas séries são anunciadas para os próximos 2 anos: Kamen Rider Wizard, de 2012 á 2013 e Zyuden Sentai Kyoryuger (conhecido no blog como Coruja), para 2013 á 2014. E bem…
A recepção de Kyoryuger foi de mediana pra negativa. Muitos reclamam das piadas repetitivas e do foco excessivo no protagonista, Daigo. Guardem a parte do foco execessivo no protagonista, porque falarei disso mais tarde.

A situação começa a ficar feia a partir das próximas séries que serão mencionadas aqui.

Kamen Rider Wizard não é muito bem vista aos olhos do fandom espalhado net afora. Antes que me perguntem, sim, odiei e ainda odeio as duas séries, que falham de forma maliciosa a tentativa de atrair o público. Wizard possui um elenco raso (que só ficou conhecido graças á um vídeo no You Tube), um roteiro mesquinho e pouquíssimos personagens que conseguem redimir a série.



Mas o poço de merda chega aonde menos espera…

Pois bem, sabe por que Precure está envolvida nesse poço?Bem…


De acordo com as minhas pesquisas, a recepção da série começou a perder força a partir de Suite Precure (2011/2012), muito provavelmente pelo terremoto e tsunami atingidos no Japão em 2011. Smile (2012/2013) parece ter feito melhorias (se o roteirista de Kamen Rider Kabuto não tivesse seu nariz metido no meio), mas a queda é brusca em DokiDoki! Precure (2013/2014) é visilvemente vista como a pior da franquia (até apareceu no Top 5 piores séries 2013/2014). HappinessCharge Precure (2014/2015) QUASE matou a franquia…mas, pro meu enjoo, a franquia continua viva…damn!
Só que isso chega a um poço TÃO fundo como…

Sailor Moon Crystal e o caso Parasita

Separei esta série das demais porque…
OMG…

Esta série…ESTA PORRA DA SÉRIE…Acharam que seriam  uma boa ideia fazer o remake…ow, desculpa, a maldita readptação do mangá…

Ow, só que fica pior, BEM PIOR…

O elenco de dublagem, roteiro e produção…90% do elenco já trabalhou na PRECURE e Saint Seiya Omega. O pior é que essa série tem um recepção QUASE que negativa, já que muitos se lembram da série clássica. Já que a própria série clássica tinha carisma. Pelo que vi, a nova série não tem lá o mesmo ímã que atraía o mais antigos… E sim, eu assisti Sailor Moon e algumas séries de mahou shoujo, se você acha que isso é uma queda de masculinidade, parabéns…sua vida é uma merda! Enfim…
A ideia da Toei foi adaptar Sailor Moon aos modos fiéis ao mangá… e como resolve o negócio da dublagem? Simples pra caralho!

Chame as dubladoras de Precure (e Saint Seiya Omega) para avacalharem a credibilidade da série…

Isso chama-se PARASITISMO! Sim, outras séries usam dubladores de séries que já participaram, mas essas conseguem merecer um mérito próprio (seja melhor ou pior). Já Sailor Moon Crystal só consegue um mérito graças ao mérito de uma outra franquia. E isso só 90% do elenco que eu falo!!!!

Esperanças?

Mortas como tudo que há nessa vida. Acho que vou testemunhar a Toei caindo ao esquecimento. E  não vou ficar surpreso se, nos próximos 50 anos, o nome da Toei estar no ocultismo…

22/04/2015 Posted by | dragon ball, kamen rider, opinião pessoal, saint seiya, toei | Deixe um comentário