Lokço Adventure

#LOKOEPOKO

Top 7 – Heróis memoráveis nos animes.

E aí? Retornei o/
A faculdade me tomou muito tempo e fiquei um tempão sem postar nada por aqui, entre uma avaliação e outra do curso fiquei maquinando sobre o que postar. E nada como heróis, heróis de todos os tipos, de todas as cores e por que não de todos tamanhos.
Para iniciar esse top 7 de heróis que foram memoráveis nos animes, na minha vida de geek, nada como iniciar com um clássico classicão mesmo.

1- Goku – Dragon Ball

 Oi! Eu sou o Goku o/

 Quem mais poderia ser? Goku foi e ainda é um grande herói da minha geração, fala sério… eu matava aula pra ver Dragon ball, apesar do Goku não estar entre os meus personagens favoritos da saga (dá-lhe Gohan na saga do Cell).

2- Jonathan Joestar – Jojo Bizarre Adventures

Eu Divo, tu divas…espera! Só eu DIVO aqui.

Apesar de JoJo ser um anime recente (segundo meu irmão “Anime de hombre, macho”), ele me deu ânimo para voltar a acreditar em uma boa estória, além de não existir nada mais épico que a Onda. Overdrive em você que discordar!!!!!

3- Taichi – Digimon

Essa imagem brilha a infância t.t

Antes de conhecer Dragon Ball, meu primeiro anime foi Digimon, acompanhei fielmente a primeira parte da saga. O Tai é aquele herói cheio de complexos e mesmo no Adventure Tri ele continua com seus complexos.

4- Edward Elric – Full Metal Alchemist

QUEM VOCÊ CHAMOU DE PIGMEU???????????

O baixinho mais amado do Full metal, foi simplesmente incrível. Foi o estopim dos animes, foi aquele foda demais pra tentar explicar com palavras (aquele que me fez começar a usar óculos por que grudei na tela do pc). Aproveitar e comentar sobre a porcaria do Brotherhood, desnecessário a existência. Fim. Não aceita sai do planeta.

5- Allen Walker – D.Gray-Man

 *—*

Meu personagem favorito em D.Gray o/ O Allen é todo complexado e único, apesar de cair no clichê em alguns momentos do anime, ele ainda é o personagem mais épico e mais foda. Nem o Yuu Kanda vence.

6- Yagami – Death Note

Vou colocar seu nome no Death Note por ter ousado me colocar em 6º lugar.

Ok! Você pode argumentar: “Kira não é herói, é um absurdo colocar tal ser junto com personagens memoráveis”. Primeiro: a lista é minha, não sua. Segundo: Kira foi sim um herói (FUCKING HERO!!!) e digo mais, Death Note só foi épico por conta dele. Kira >>>>>>>>>>>>>>>>L.

7- Seiya – Saint Seiya

Chupa Hyoga, você que é o favorito mas eu que estou no top.

Ta! Eu não curto Seiya, nunca vou curtir e não há ser humano no planeta que vá mudar minha opinião, mas verdades sejam ditas… ele é um baita herói, sabe apanhar como ninguém e se reerguer como ninguém, além de ser memorável e clássico.

E esse foi o top 7 (que era 10 e virou 7) do dia.
Aguardem ansiosamente sobre Singeki, eeeeeitaaaa anime clichê.

30/03/2016 Posted by | Uncategorized | Deixe um comentário

Review: Golden Sun (parte 1)

Aviso: a review a seguir irá conter spoilers do jogo e da história (Mas isso você provavelmente já sabia, né?).


Em 2001 (2002 no Brasil), foi lançado o Game Boy Advance. O portátil da Nintendo, conhecido pelos vários jogos inéditos e vários “remakes” (no sentido de que portar do SNES pra GBA, por que caralho, é Nintendo).
Mas eis que, em 2001, foi lançado um dos primeiros JRPG inéditos do portátil, e que chegou causando um BOOM: Golden Sun, e sua sequencia, The Lost Age.
Nessa primeira parte (Sim. Primeira.), será aqui analisada o primeiro game.


Novidades

Em relação aos demais RPGs do gênero, até então lançado, Golden Sun é o típico e muito clichê Fantasy JRPG: você vai á lugares, luta, em turnos, contra monstros menores e chefes, sobe de nível e dinheiro para comprar diversas bugigangas que podem aumentar alguns status dos seus personagens.
Para evitar que fique MUITO maçante, foram adicionadas duas novas e interessantes mecânicas: Psynergy e Pokémon Djinn, que ao longo da review, eu vou explicar (pode preparando seu caderno de notas ae).
Em termos de batalha, é como eu disse antes: são batalhas em turnos, onde você pode usar ataques físicos, magias ou até Summons para derrotar seus inimigos,além de usar itens para cura ou algum aumento de atributo. Isso pode (e muito) influenciar nas batalhas, considerando que os personagens não possuem um HP de 9999 e você pode fazer o dano mais ridículo e apelão da Terra…

História

A história de Golden Sun começa 3 anos atrás, quando ocorre uma tempestade: um menino chamado Isaac é acordado pelos seus pais, devido a uma pedra lançada por um vulcão nas proximidades do monte Aleph. Após encontrarem com seus amigos de infância, Gareth e Jenna, que estava com Felix, a tragédia ocorre: O pai de Isaac e os pais de Jenna e Felix morrem durante o desmoronamento, sendo o pai de Isaac morto por ter queimado o cosmo ao extremo usado toda a sua Psynergy. Entretanto, Isaac e Gareth encontram com um estranho casal que eles enfrentam, mas são cruelmente derrotados.
3 anos se passaram, e o vilarejo de Vale se recupera dos danos do caos do passado. Um dia, Isaac, junto de Gareth e Jenna acompanham Kraden, arqueológo e adorador (na melhor das hipóteses, um fã) de Alquimia. E aonde a parada começa a se complicar…
Eles vão ao Sol Sanctuary, próximo ao tal monte, e não só se reencontram com o tal casal estranho, como também se deparam com Félix os ajudando. Eles fazem Jenna e o Kraden de reféns e roubam 3 das orbes elementais (Final Fantasy clichê). Cabem a Isaac e Gareth salvarem sua amiga e seu mentor, e o mundo, de um grande desastre!!

Agora comente que essa história é bem clichê…Bocas caídas ficarão!!

Jogabilidade

Conforme dito antes, é um RPG: lute contra monstros menores, lute contra chefes em turnos e suba de nível para ganhar dinheiro e comprar itens, armas e armaduras para continuar no jogo.
Entretanto, há duas novidades que tornam o jogo único, são o Psynergy e os Djinn.
Psynergy é a energia usada no jogo. Usada para puzzles e magias para combate, enquanto os Djinn são criaturinhas que te dão SUMMONS. Summons fodas, diga de passagem. É também possível, durante o jogo, aprender novas magias, aumentando ainda mais a sua estratégia.
Mas é melhor tomar cuidado com alguns personagens. Principalmente aqueles que possuem um abismal HP abaixo da média(Hue).

Gráficos e Trilha Sonora

Golden Sun é, provavelmente (a menos que eu esteja errado), um dos poucos jogos que utilizam 100% do hardware do GBA. E, wow, caprichou é o de menos aqui.
Graficamente, o jogo utiliza uma espécie de Pseudo 3D… e isso é foda!! Junte isso com a épica Trilha Sonora e você tem um jogo que não vai esquecer tão cedo. Honestamente, se você não gosta (ou não consegue gostar) de Golden Sun, bem…você tem opinião e isso é o que conta, certo?

Conclusão


Golden Sun é o tipo de jogo que quando você menos espera, te pega de surpresa. Não se engane pelo fato de ser apenas um JRPG que volta as origens, esse é um jogo que você não perderá tempo por nada nesse mundo.
A única reclamação que eu tenho com o jogo é o fato de ter a famosa Síndrome do Final Fantasy I: caso o monstro for derrotado e um dos personagens querer atacar, ele (ou ela) automaticamente entrará em defesa…o que não é muito ruim, se parar pra pensar.
E por que parte 1? Digamos que, muito em breve, entrarei na era perdida…


Nome: Golden Sun
Plataforma: Game Boy Advance, WiiU (Virtual Console)
Ano de lançamento: 2001

Nota Final: 9,5/10

Prós: Uma volta as antigas, sistema de Djinn bastante criativo, ótima trilha sonora e uma boa história

Contra: Síndrome do Final Fantasy I.


23/09/2015 Posted by | Uncategorized | Deixe um comentário

Spore – O jogo que rouba meu tempo

Olha só quem criou vergonha na cara e apareceu, surpreso? Eu estou! Você deve estar se perguntando o que raios me fez reviver, tomar vergonha e retornar ao blog, e isso amigo…se chama…
SPORE!!!!
Eu sei, eu sei, depois de TAAAANTOOO tempo, me perdoe…tive um sério problema técnico (PREGUIÇA!!!!)
Caham! Voltando ao assunto, Spore pertence aos mesmos criadores de The Sims e SimCity, trazendo um novo universo quando o assunto é criação de criaturas, tribos, civilizações e ESPACIAL!!! GUERRA!!

O jogo possui cinco estágios:
– Estágio Celular (Baseado no estilo Pac-Man)
– Estágio de Criatura (Baseado em MMORPG)
– Estágio Tribal (Baseado no estilo Age of Mythology)
– Estágio de Civilização (Baseado no estilo SimCity)
– Estágio Espacial (Baseado no estilo Sins of a Solar Empire)

É o primeiro jogo da Maxis que contém um objetivo final (e pasmem, não é o final do game). Encontrar os terríveis (Nada que uma bomba destruidora de planetas não resolva)Os Grox.

Como uma pessoa muito criativa e paciente que sou (Só que não), minhas criações são: AWESOME!!!!

ESTÁGIO CELULAR

Como o próprio nome já diz tudo, nesse estágio você (sua criatura, olha que lindo o Know —>) está viajando em um meteoro e colide com um planeta e assim, TA-DA…você é uma célula. \o/
Em nível microscópico, sua função é comer, se reproduzir e EVOLUIR! Nesse estágio é possível escolher se você será herbívoro ou carnívoro, mas também pode ser onívoro no decorrer do estágio. Vá evoluindo até chegar o momento de começar a planejar a dominação global!!!!MWAHAHAHAHA (Só começar mesmo, tem muito chão pela frente!)

ESTÁGIO DE CRIATURA

Você finalmente evoluiu, ganhou pernas e partiu vida nova, nesse ambiente desconhecido. Agora sua casa é um ninho, o objetivo é muito simples: Comer, acasalar, TRETAR (ou não) e evoluir! Você pode socializar com outras criaturas ou fazer como fiz, matei geral, inimigos por todos os lados, sangue escorrendo (modo de dizer), ser um verdadeiro predador e dominar o planeta através da ditadura!
Nesse estágio poderá ver naves espaciais abduzindo criaturas, verá criaturas ÉPICAS, poderá juntar novas partes e customizar sua criatura (a propósito, esse ai do lado é o Know).

(Know antes de ser Know voador)
ESTÁGIO TRIBAL
Aqui, ficarei devendo a imagem tribal do meu planeta, bati trocentas fotos e não bati nenhuma desse estágio.  Tenho somente a imagem do Know no estágio. Continuando, nesse estágio você passa a cuidar da tribo e a controlar todos os integrantes dela, o processo é o mesmo, aqui você pode tanto atacar as outras tribos quanto se aliar a elas através de música, sendo como sou, querendo dominar o mundo como quero, tratei de eliminar todas as tribos, conseguindo o título de Agressivo (jajá explicarei esse títulos).
ESTÁGIO DE CIVILIZAÇÃO
Parabéns!!! Você virou uma civilização, como o esperado me ocupei destruindo tudo e esqueci de bater a foto da minha civilização, mas…eis que o destino (literalmente espacial) me levou a bater uma foto da minha civilização em estágio espacial. Bom, nesse estágio sua tribo se tornou uma civilização, aqui você utiliza toda a sua imaginação (coisa que minha paciência não permite ter) e constrói casas, fábricas, carros, aviões e OMFG NAVES ESPACIAIS *—–*. Sua missão aqui, é fazer aliados ou inimigos (meu título foi de militar, desci a porrada em todo mundo) e evoluir para o próximo estágio. 
ESTÁGIO ESPACIAL
FINALMENTE O ÚLTIMO ESTÁGIO, O MAIS FODA, O MAIS ÉPICO, O MAIS LEGAL (depende da opinião de cada um), aqui caro leitor, domine sua galáxia, encontre Os Grox, faça aliados ou faça inimigos, encontre o terceiro planeta depois do Sol, viagem até o centro da galáxia, obtenha o PODER, de vida aos planetas, passe por buracos negros (e se perca, pq eu já me perdi um bocado).
Como eu disse anteriormente, sobre os “títulos”, é que esqueci a palavra correta para o termo. Esses “títulos” vão sendo conseguidos conforme você for avançando no jogo, no meu caso terminei como Guerreiro: Carnívoro —> Predador —> Agressivo —> Militar (todos vermelhos), mas, para a alegria das pessoas, principalmente as de bom coração, não existe somente a classe guerreira (viu, lembrei a palavra), conforme suas atitudes vão rolando, sua classe vai sendo definida, eis algumas:
Xamã: Herbívoro – Social – Amistoso – Religioso;
Comerciante: Onívoro – Hábil – Econômico – Adaptável; (Já tive uma raça comerciante, não é tão legal depois que se joga com a guerreira)
Fanático: Herbívoro ou Carnívoro – Social ou Predador – Amistoso ou Agressivo – Militar ou Religioso;
Ecologista: Onívoro – Predador – Amistoso – Religioso;
Diplomata: Onívoro – Social – Hábil – Religioso;
Cientista: Onívoro – Predador – Hábil – Militar;
Errante: Somente quando você iniciar o jogo já no estágio espacial.
Um obrigado ao Matheus que me apresentou esse jogo e me passou as classes e sim, de trocentos planetas ainda estou jogando com a classe Guerreiro.
E é isso, terráqueos, pra não estragar a surpresa de entrar no universo de Spore, falei o que achei importante e com experiência no assunto, isso realmente é viciante. Crie sua criatura e PARTIU AVENTURA O/
Nos vemos no próximo post, sobre: Vou pensar ainda no que escrever. HUEHUEHUE
– Kami

13/09/2015 Posted by | Uncategorized | Deixe um comentário

The King Of Monsters

Cá estou eu novamente, iria esperar até amanhã para falar sobre a minha euforia enorme, minha alegria sem fim,porém resolvi dar uma passado aqui hoje mesmo, para aproveitar toda a energia acumulada, mas antes, acredito que para que você consiga entender o motivo disso tudo, é necessária uma única explicação, bom, vamos nessa.



Coisas e assuntos de garotas nunca me interessaram, eu realmente faço um esforço enorme para me interessar por algo que considero desinteressante, o fato é que, desde sempre curti o que as pessoas chamam de “isso só menino pode gostar”, cresci ouvindo essa frase milhares de vezes, mas, mesmo que eu me esforçasse nunca conseguia “aturar” as “coisas de meninas”, bom, em 2011 eu conheci o Roni, ele me apresentou a um universo fantástico, com coisas que eu curtia, tudo começou com Kamen Rider, mas logo fui gostando de mechas, heróis, vilões, monstros, animês declaradamente shounens, filmes cheios de ação, cuja garota diria “nossa, isso é coisa que só meninos gostam”, sim e não, sei que tem garotas que curtem estilos como o meu. 

(“COMEEEEE ISSO MALDITO, UHUUULLL, FODAAAAAA”)
Convidei o Roni para ver um filme que trazia esperanças de ser bom “Godzilla”, uma fila enorme para a estreia do momento, uma sala apenas para A Culpa é das Estrelas e lá estava eu, enfrentando uma fila grandinha para comprar as entradas de Godzilla. Como podem imaginar, um filme especialmente voltado para garotos e eu estava impaciente para ver o filme.

Outra coisa, eu não sou de ter reações vendo alguma coisa, sou de ficar parada observando com a maior atenção, mas notei que recentemente isso vem mudando e hoje fiquei mais feliz em ter demonstrado mesmo que pouco – comparado com o Roni – algumas cenas realmente incríveis. Godzilla não peca na história, desde o começo eu fiquei esperando para vê-lo, observa-lo, esperava que ele pudesse me encantar e como me encantou, não me importei com os “humanos” da história, confesso que até me esqueci deles em vários momentos, o que é mais épico do que uma verdadeira luta de monstros? A animação percorria meu corpo, a cada cena um “wow”, “que foda”, “puta que pariu” saia sorrateiramente, então veio a luta, me vi torcendo para algo muito épico, me vi reclamando quando o Godzilla era derrubado por um dos MUTO, ansiava para que ele se levantasse e revidasse toda a pancadaria, tinha várias garotas na sala, mas não pareciam tão animadas, foi quando uma cena, uma ÚNICA cena me fez colocar pra fora parte de toda a animação que me percorria, os efeitos, a música de fundo, o modo como foi usado, foi um verdadeiro “PUTA QUE PARIU, QUE FODA, QUE ÉPICO, UHUUUUUUULLLLLL, CARALHO, OLHA ISSO” bom, o Roni foi muito mais animado que eu, de relance vi algumas pessoas olhando pra gente, deviam estar se perguntando “caraca, porque tudo isso? Não entendo”, não tem uma explicação, quem gosta do ramo, quem curte esse tipo de filme, só essas pessoas poderão entender de verdade o quanto essa cena foi FODASTICAMENTE FODA. Ainda com toda a animação dobrada, da surpresa estampada na cara, outra cena fecha, lacra o momento, quando Godzilla enfrenta o último MUTO, foi um verdadeiro “COMEEEEE ISSO MALDITO, UHUUULLL, FODAAAAAA”. 

Acredito que os mais animados a deixar a sala fomos nós, a alegria de ver que o filme não decepcionou, pelo contrário impressionou e muito e que daríamos até mais dinheiro pela entrada.  Eu muito recomendo o filme, para quem gosta e quem não gosta, vale a pena dar uma conferida, pela primeira vez em toda a minha vida eu sai tremendo do cinema.
Godzilla o filme que entrou para a minha lista “Foda com PH e epicamente épico”!

 

09/06/2014 Posted by | Uncategorized | Deixe um comentário

Opening’s Jojo

Depois de muito tempo longe do teclado, pensando sobre qual assunto eu iria abordar por aqui, depois de muito pensar, cheguei a conclusão que quero falar das aberturas de Jojo (se você ainda não viu, corre que anda dá tempo). Depois de muita espera finalmente foi liberado a música da terceira abertura Stand Proud, mas vou dela mais pra frente, sem mais enrolação e com uma boa dose de onda, vamos dar início a esse post o//

JoJo ~Sono Chi no Sadame~ (ジョジョ ~その血の運命~ Jojo ~ Destiny of That Blood ~

Nome da primeira abertura do anime, a música é associada com o primeiro arco da série, Parte I: Phantom Blood. O arco em sí são uns 8 episódios, comparando com o segundo é realmente muito pequeno, mas não deixa de ser épico e bizarro.
Temos a apresentação do Jojo e do Dio e uma rivalidade particular entre eles. Se você, é uma criatura curiosa e que detesta spoilers como eu, vá correndo conferir o primeiro arco desse anime incrível, já na parte da curiosidade, vou colocar aqui a letra da música.

Jojo ~Destiny of That Blood
 (Jojo! Jojo! Jojo!)
Estrelas gêmeas! Cruzando os céus
Agita-se a superfície de luz e escuridão
Suas ondas ecoam juntos
O sol conduz aqueles que buscam o caminho da glória
Exigir um sacrifício de todos os que perseguir a ambição
(Jojo! Jojo! Jojo! Jojo! Jojo!)
Corações pulsando como se queimar em chamas
O pulso que bate para trás de suas palmas
A coragem que atravessa as veias
Bravamente abraçam o seu destino!
Te destino de que o sangue
Jooooooooooojo
A sorte está lançada! Ele pode fazer nada além de antecedência
O aventureiro eternamente errante cai através de uma espiral bizarra
A alma de ouro para o homem que vence seus medos
Lutando para os dois que se encontraram, Luta
(Jojo! Jojo! Jojo! Jojo! Jojo!)
A cortina sobe em um conto sem fim
Deixe as faíscas como vidas se chocam luz lançada sobre os dias da tua mocidade
Que fortuna brilhar no futuro você traz!
O destino de que o sangue
Joooooooooooojo
Dois destinos em uma inseparavelmente
Tudo começou naquele momento

Bloody Stream ~Battle Tendency

Muito bem, chegamos ao segundo arco de Jojo. Bloody Stream se refere a esse arco, neste temos o neto do Jojo, sempre pulando uma geração, a beleza da onda permanece ainda neste arco, e o protagonista é deveras bem divertido, dei boas risadas nesse arco. Se você achou o primeiro arco bizarro, prepare-se para o segundo, aqui o Dio não afeta a história.

Bloody Stream

Das profundezas do silêncioDesperte os “pilares” para além do seu tempoReunir a coragem do sangue carmesim subindoo amor que você herdar é chamado de destinoAgora seguir em frente com um sorrisoEnganando a escuridão , evite o momentoAtravés da lâmina, pegar o inimigo desprevenidoProceder à vontade, desenvolver o futuroComo uma tempestade sangrentoAqueça como uma pedra BLOODYEscavado na linhagem maldita do destinoFlutuante e indelével , laços de orgulho ~Juntas juntos … !Uma fonte transbordante a marca da voz de um amigoSe espalha a sua dorAgora vivo para os sentimentos que você compartilhadosSua vontade levará ao amanhecer subirEspumante com elegância nobrePara as colinas brilhantes, para os céus em chamasPara o confronto entre as nossas almas errantesPara salvar o futuro repleto de tristezaComo uma alma BLOODYQueime -se como uma estrela BLOODYCortando através das chamas , uma lâmina para cortar os ventosNinguém mais pode jo frente sem hesitação ~Fluindo através de você … !Deixe a onda de destino em seu coração ressoarEnganando a escuridão , evite o momentoAtravés da lâmina, pegar o inimigo desprevenidoProceder à vontade, desenvolver o futuroComo uma tempestade BLOODYAqueça como uma pedra BLOODYEscavado na linhagem maldita do destinoFlutuante e indelével , laços de orgulho ~Juntas juntos … !

Stand Proud ~Stardust Crusaders

 Finalmente chegamos ao terceiro arco, ele está sendo lançado o///
O que muito me alegra, já que esperei um bocado por ele, nesse arco, temos algo diferente, não temos mais a minha adorável onda e sim os Stands, o que nem por isso deixou o anime menos épico e bizarro. Novamente pulando uma geração, temos agora um novo Jojo, Jotaro Kujo, dessa vez com o sobrenome diferente, detalhe para o bonelo dele, eu chamo bonelo, por que, só de olhar na foto, já dá para se ter uma ideia, o arco está bem interessante, temos de volta o Dio, dessa vez afetando diretamente!

Stand Proud

E agora esses reunindo Stardusts convocado no despertar de uma ( catástrofe ) centenáriaE todos esses ( bravos ) homens devem enfrentar agoraA corrida para além das areias do tempo com este hourneyEnredar todos como uma corrente, interwining karma( Com one ) destino envolta pela luz( Levante-se ! Stand Up ! Levante-se !)Tiroteio em toda (e além)Tudo certo agora Tudo certo agora Tudo certo agoraÉ uma bala vigoroso( JOJO! JOJO ! JOJO !)Quebrá-lo para baixo! Quebrá-lo para baixo! Quebrá-lo para baixo!Deixe estes punhos voar livre , com esta visão sagrada , ESTAMOS ORGULHOSOSDestemido pelos confins do tempoEles são os únicos a quem a luz do sol brilha ( fervorosamente brilhante)( Carregado com ) a tarefa de salvar o futuro( São ) Starligh cruzadosApostando suas vidas para os que eles realmente são carosA carta do Tarô foi tratado (para cada um)( Levante-se ! Levante-se ! Levante-se !)Contra todos esses obstáculosTudo certo agora Tudo certo agora Tudo certo agoraEstes inimigos serão derrotados( JOJO! JOJO ! JOJO !)( Te derrubar ! Te derrubar ! Quebre para baixo! )Pavimentação da própria estrada com a visão de que o espírito , ESTAMOS ORGULHOSOSCom um riso ecoando escuro profundo dentroA perseguição é em , conjunto de mortos para procurar que um homemPassos ( ranger junto com ) que Requiem(All deixando ) a sua marca no deserto( Levante-se ! Levante-se ! Levante-se !)Tiro através e alémTudo certo agora Tudo certo agora Tudo certo agoraÉ uma bala vigoroso

Bom, a tradução não está bemmmm correta, mas dá para se ter uma boa noção do quão fodas são as aberturas. Aqui também tem um vídeo com as três aberturas, não demore muito, Jojo é um ótimo animê o/

21/05/2014 Posted by | Uncategorized | Deixe um comentário

Kagura finalizada

Acabei ficando sem sono e fui terminar o desenho!!


No meio e tantos traços acabei me perdendo algumas vezes xD

Finalmente pronto \o/ Até que ficou legal…estou cá pensando em quem será o próximo.

02/01/2014 Posted by | Uncategorized | Deixe um comentário

Kagura parte 1

O esboço do desenho da Kagura do Ga-Rei já foi iniciado, em breve o desenho completo e depois o desenho colorido.

02/01/2014 Posted by | Uncategorized | Deixe um comentário

Desenhando desenhando

Acabei voltando um pouco tarde!!!
Como eu disse anteriormente, comecei a desenhar cartoons, já fiz alguns e também estou aprendendo a desenhar dragões \o/

Esse é o dragão do Dragon Ball, ele realmente ficou estranho, mas nada como melhorar com a prática.

Como sou apaixonada por dragões desde sempre, resolvi aprender a desenha-los, não criei esses, mas fui fazendo o passo a passo e espero que em breve eu possa desenhar meus dragões.

Olhando agora, encontro vários defeitos, uma asa menor que a outra…me nego a apagar o esboço, ficará no desenho para que eu me lembre de como se faz!!!

02/01/2014 Posted by | Uncategorized | Deixe um comentário

Novos projetos para 2014

Olá todos! Como tem passado? Espero que bem.
Recentemente fiz uma viagem para rever a família já que eu moro em Goiás e eles em São Paulo, durante essa viagem, acabei curiosa com os desenhos do meu irmão, mas, por experiência passada, meus desenhos realmente não ficaram bons, então pensei comigo que quando voltasse para minha cidade eu iria começar a desenhar cartoons, sempre gostei de cartoons – apesar de gostar bastante de mangás também -, então vou abrir uma sessão para desenhos aqui no blog, caso você tenha interesse em ter seu desenho postado no blog é só envia-lo para kasempai2012@gmail.com.
Falando em projetos para 2014 – é o nome do título – resolvi que não queria passar o resto da minha vida fazendo as mesmas coisas, logo, vou continuar minhas aulas de coreano, começarei inglês, italiano e japonês, pretendo fazer aulas de hip hop e desenhar, mesmo trabalhando e fazendo faculdade, com certeza conseguirei atingir minhas metas.
E você, já tem metas para 2014?
Bem, a postagem vai ficando por aqui no momento, logo colocarei meus primeiros rabiscos aqui!!!!
Continuem apoiando o Lokço AD \o/

31/12/2013 Posted by | Uncategorized | Deixe um comentário

L.AD ESCOLHE: MELHORES CENAS DE: SAINT SEIYA A SAGA DO SANTUÁRIO

POR CAMILA


Agora é a minha vez \o/ UHULLL
Essa cena acontece na casa de Leão, mas não…não sou fã do Seiya é uma das poucas cenas em que ele realmente se ferra bonito, pra mim, o fato do Aioria estar sendo comandado pelo Satã Imperial deixou essa cena mais estilosa, convenhamos que Seiya jamais passaria por ele se não fosse o Cássios! Foi especialmente difícil para mim, escolher uma única cena da obra do Kurumada-sensei, realmente gosto de várias, inicialmente eu ia colocar uma do Hyoga, depois pensei em uma que eu gosto bastante do Shun, a que o Roni escolheu também é realmente bela…toda aquela fúria do dragão… olhando o mangá novamente desde o ínicio da saga do santuário eu queria uma cena estilosa, foi quando acabei parando nessa… eu realmente não gosto muito de personagens principais e gostei muito da surra do Seiya!!!!

Bom, é isso pessoal, em breve teremos mais cenas de animes diversos!
~~Camila – blogueira que adora ver o Seiya apanhando

02/12/2013 Posted by | Uncategorized | Deixe um comentário